The Princess Diarist de Carrie Fisher

19:49


Dar uma opinião de um livro auto-biográfico é sempre relativo mas posso dizer-vos que adorei completamente The Princess Diarist. Como grande fã de Star Wars e de Carrie Fisher - quem não sabe, a actriz que representou a princesa Leia nos cinemas - assim que saiu que o queria comprar. Estive o Dezembro todo à procura do livro e acontece que Carrie Fisher vem a falecer a poucos dias de 2017, tornando The Princess Diarist a sua última memoir


Foto dos bastidores, não encontrei créditos ao autor da foto :s

O livro foi muito falado nos media devido à revelação de um romance de Carrie com Harrison Ford - Han Solo - em 1976 quando gravavam o episódio I ou mais tarde o IV- mas este livro é muito mais do que Carrison. É a vida de uma actriz de uma das famílias reais de Hollywood - os seus pais eram Debbie Reynolds e o cantor Eddie Fisher - e como a sua vida foi frágil e cheia de problemas na tentativa de ser uma adolescente normal. 


O livro apresenta várias partes. Primeiramente somos introduzidos ao mundo de Carrie quando em 2013 lhe é proposto voltar a representar Leia nos cinemas. A vida de uma actriz, i.e, de uma mulher, na indústria cinematográfica. Carrie fala-nos também um pouco do seu primeiro filme Shampoo no qual teve a sua primeira experiência cinematográfica mas rapidamente nos transporta para o casting de Leia. Sempre com muito humor descreve George Lucas e outros membros da produção transportando-nos para o ano de 76. E, claro, temos o caso com Harrison. Carrie frisa que pretendia contar o mesmo agora que se passaram quarenta anos porque não sabe que boatos distorcidos poderiam surgir quando morresse, para mais ainda nos diz que lhe era de todo impossível emocionalmente falar dele há dez anos. Junta à sua visão de 2016 páginas do seu diário em 1976 tornando a leitura muito mais rica uma que nos é apresentada a visão de uma jovem de dezanove anos e de uma mulher de sessenta sobre o mesmo assunto.


Foto dos bastidores, não encontrei créditos ao autor da foto :s

É extremamente complicado falar-vos do livro sem fazer um resumo porque há tantas partes a ser faladas. Para além da escrita que é maravilhosa e sarcástica, há passagens que considero bastante importantes. O facto de aos dezanove anos ter tido com caso com Harrison veio a transformar a sua vida e e a torná-la no que é/era hoje. 

Discurso de Carrie em 2000, que faz sentido agora.

Demostrando o lado humano por detrás da sua personagem dá-nos a conhecer a verdadeira Leia, aquela que era uma insegura rapariga a entrar no primeiro blockbuster da história do cinema. A actriz que se viu em dificuldades e sempre com muito humor descreve a sua aventura pelo mundo da Sétima Arte. E como diz se não fosse a princesa Leia:

"I'd be me. 
You know, Carrie. 
Just me."

Uma leitura que recomendo a todos aqueles que gostam da saga Guerra das Estrelas e da actriz mas também àqueles que gostam de ler sobre o mundo do cinema, o papel da mulher e a discriminação e o negócio feito à volta de uma estrela. Se apreciam humor este é vosso! Ainda que deixe todos os fãs com uma lágrima ao canto do olho. 

 
O meu tributo :'(

Já agora o meu livro é a versão capa dura britânica que podem ver na foto. em relação ao lançamento de The Princess Diarist em Portugal ainda não encontrei a editora que o fará cá. Assim que souber digo! Boas leituras :)

You Might Also Like

0 comentários

Afiliado

Membro

Professional Reader