A Queda dos Gigantes de Ken Follet

14:50

Trilogia: The Century

Fall of Giants (PAN) – A Queda dos Gigantes (Editorial Presença)

Um livro envolvente, que desde o primeiro dia que eu vi à venda eu sabia que seria incrível. Esta será a única maneira de expressar totalmente a montanha russa que são os meus sentimentos em relação ao mesmo.
A Queda dos Gigantes é um livro do autor britânico Ken Follet, sendo o primeiro volume da Trilogia o Século. Lançado em 2010, A Queda dos Gigantes é um livro que preenche lacunas históricas com ficção adicionando personagens fictícios junto de personagens históricos, que nos contam e remetem para o que presenciam. O livro começa em 1911 e acaba no ano de 1925, acompanhamos assim a 1ºGuerra Mundial, a revolução russa e a luta pelo sufrágio feminino.
Durante todo o livro veremos os acontecimentos por várias perspectivas, tal deve-se ao facto de Ken Follet nos apresentar cinco famílias com historiais, e até culturas, bastante diferentes. Assim ao longo do livro vamos aprendendo e acompanhando a vida de cada um deles, que em diversos momentos se cruzam e por vezes divergem. Mostra-nos como um acontecimento afecta pessoas que podem ser muito diferentes ou relativamente iguais, que se encontram no mesmo país ou do outro lado do Atlântico. Pois realmente não importa quem é quem, visto que todos, sem excepção, serão afectados por tais acontecimentos. 
Alguns dos personagens apresento em seguida, de notar que não aponto os 'mais importantes' directamente (porque sim, são as personagens principais) e nem todas as personagens que se encontra ao longo do livro:
   - Família Williams, uma família de trabalhadores galeses, sendo o meu favorito William;
  - Família Fitzherberts, pertencem à elite inglesa, desta família temos os dois irmãos Maud e Fitz (não é o primeiro nome mas é designado pelo diminutivo do seu nome de família)
   - Walter Von Ulrich, diplomata alemão e um dos meus favoritos de toda a trilogia;
   - Gus Dewar, advogado e diplomata americano, um personagem também muito querido
  - Irmãos Peshkov, Grigory e Lev são irmãos e trabalham numa fábrica na Rússia, Grigory, assim como Walter, é das minhas personagens favoritas, já Lev é dos personagens que mais detesto no primeiro livro.
Da história em si não quero fazer spoiler, por isso falarei na minha experiência ao ler, mais do que na acção do livro.
É um livro que nos faz chorar e rir, principalmente às pessoas que, como eu, sabem o que irá acontecer no 'futuro'. Uma história envolvente que nos fará dizer a nós mesmo "Ok, só mais uma página..." por mais que às vezes nos possa realmente custar a estar a ler. 
Teve personagens que amei, e teve personagens que simplesmente odiei e com tal chorei quando meus personagens sofriam, e rejubilei quando estes estavam bem e os malfeitores tinham o que mereciam. 
Acredito ainda que aprendemos e crescemos muito com este livro. Pois a verdade, mesmo que por vezes não pensemos nisso, é que não existe um ‘bom e um mau’, não existe ‘os alemães e seus aliados são maus e os EUA e aliados são bons’ pois cada um tem a sua quota de bondade e de maldade. É um livro que claro, fala muito em como a política funciona e que nem tudo é preto no branco e no quanto os interesses pessoais influenciam a nossa vida e a vida de todos os que no rodeiam, levando por vezes à catástrofe. 
Trata-se assim de um livro que retrata os horrores da guerra e do orgulho, que nos mostra que tem pessoas boas e más em todos os lugares e que jamais se deve generalizar. Por isso tenho a dizer que mesmo que o leitor se considere ‘perito’ nesta questão, irá alimentar muito o próprio conhecimento com este livro.  


De acrescentar que a versão que li foi em Inglês, pois infelizmente, as versões em Português são, na minha opinião, demasiado caras. Mas quero avisar àqueles que estejam interessados mas que se 'assustam' com o preço da versão traduzida, que a versão original (inglesa) é uma boa opção, é mais barata e considero que exige um nível médio de inglês, sendo sem dúvida uma excelente oportunidade para desenvolver o domínio da língua. 
No geral tenho a dizer que foi uma óptima experiência e logo de seguida li os dois volumes que se seguem. Fiquem conectados e não tarda postarei a Review de “O Inverno do Mundo” e “No limiar da Eternidade”.
Obrigada pela atenção e não hesitem a partilhar a vossa experiência. Boa leitura!

You Might Also Like

0 comentários

Afiliado

Membro

Professional Reader